AJUDE!

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Campos de Morango

Amanheceu mais uma vez nos campos de morango.
Lá o tempo não existe.
Não há lamentações.
Lá há belas canções, orações para quem se perdeu e festa para quem se encontrou.
Cigarros, álcool e balas para festejar.
Nos campos de morango, a vida nunca irá se esvair, não há lugar para querer se lamentar.
Nos campos de morango, onde todos há essa devem estar. Onde a alegria, paz e o sossego nunca iram acabar.
Nos campos de morango todos são bem vindos, mais não são todos que sabem chegar.
Nos campos de morango o amor brota das pedras que não são consumidas pelo mar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário